domingo, 7 de agosto de 2011

TRAFFIC: Jamais existiu outro grupo igual

O Traffic em 1968 ainda com Dave Mason
Em 1967 os Beatles lançavam "Sargent Pepper's Lonely Hearts Club Band",Eric Clapton,Ginger Baker e Jack Bruce surgiam com "Fresh Cream" do Cream,Jimi Hendrix estourava com "Are You Experienced?,o The Doors com seu autointitulado disco de estréia,o Pink Floyd com "The Piper At The Gates of Down",as sementes do rock progressivo começavam a brotar e um garoto com uma vóz fantástica além de um exímio organista,despontava como atração principal no "Spencer Davis Group",estamos falando de Steve Winwood e não foi por outra razão que Eric Clapton o queria no seu nôvo projeto logo após sua saída do John Mayall's Bluesbreakers,por certo  esse convite seria para o Cream. Steve,recusou o convite de Clapton,porém colocou em prática um velho sonho,montar uma banda única,diferente,amadurecida e interessada apenas em fazer música de boa qualidade. Winwood ao deixar o grupo de Spencer Davis,juntou-se a três excelentes músicos seus conterrâneos de Birmingham,Chris Wood(Saxophone,flauta e teclados),Jim Capaldi(Um Inglês descendente de italianos,bateria percussão e vocais),e Dave Mason(Guitarra e vocais). Mason e Capaldi vinham do "Deep Feelin", e Chris Wood do "Locomotive". Numa  Londres fervilhando(Swing London) de novidades surgia o Traffic comprometido com a fantasia e a imaginação num misto de rock,jazz,blues,folk e psicodelismo,os três primeiros discos Mr.Fantasy(1968),Traffic(1968) e Last Exit(1969,lançado depois da primeira separação da banda e contendo um lado ao vivo),apresentam uma exuberante carga de talento com temas simplesmente brilhantes entre os quais "Coloured Rain,Pearly Queen,Feelin' Alright,Dear Mr.Fantasy,Forty Thousend Headmen e Medicated Good". O curioso é que tais discos foram lançados em pouco mais de um ano,tanto que no final de 1968 Steve Winwood já havia deixado o Traffic. Os remanescentes Mason,Capaldi,Wood e um tal de frog,continuam como uma espécie de Traffic II,más o resultado e desastroso,o orgão e a vóz do cantor Mick Weaver jamais substituiria o talento de Steve Winwood que dessa vêz acaba aceitando mais um convite de Eric Clapton agora para trabalhar no "Blind Faith" que encerraria suas atividades antes memsmo de completar um ano em compensação deixa um excelente álbum(Homônimo) gravado com destaque para as interpretações de Winwood principalmente nas cancões "Presence of the lord,Can't find may way home e Sea of joy",enquanto isso o guitarrista Dave Mason resolve trocar a Inglaterra pela América do Norte onde passaria a tocar como músico de aluguel ao lado de Cass Elliot(Mama Cass) e do casal Delaney And Bonnie para logo em seguida iniciar uma carreira solo lançando "Alone Together" contando com Jim Capaldi na bateria,enquanto isso Steve Winwood já estava enganjado ao Ginger Baker - Air Force ao lado do baterista Ginger Baker,do seu brother Chris Wood e do percussionista Nigeriano (Anthony)Reebop Kwaku Baah,após alguns concertos com o GBAF,Winwood sentiu que era o momento de algo solo e aproveitando a reaproximação com Wood e Capaldi que sempre estavam por perto,resolve encarar o olinpic estúdio na capital Inglesa e dar início aos trabalhos no que viria a ser "John Barleycorn Must Die",não um disco só de Winwood como estava planejado,más sim o retorno do Traffic em grande estilo. Gravado somente pelos três músicos,o LP tráz composições de alto nível como "Glad,Freedom Rider,Empty Pages,Stranger To Himself,Every Mother's Son e a bela canção título,um tradicional folk celta. A turnê que marcou a volta do Traffic iniciou-se pela Inglaterra em Agosto de 1970 e trazia como novidade o baixista Rick Grech(Ex Family e Blind Faith),após uma bém sucedida excursão pela América na qual Dave Mason participava como convidado especial(Alguns momentos dessa tour estão registrados no álbum "Welcomo To The Canteen"(1971). o núcleo base do Traffic resolve partir para mais um disco,reaproveitam Rick Grech e recrutam Jim Gordon( Ex Delaney & Bonnie e Derek & The Dominos para a bateria) e Reebob Kwaku Baah(Ex GBAF para as congas). A convocação de Jim Gordon tinha como objetivo deixar Jim Capaldi mais solto para cantar e executar alguma percussão tipo tambourine e cowbell,o Traffic estava melhor do que nunca,formação alongada e o som super cadenciado. Em 1972 sai o magnífico "Low Spark Of Hight Heeled Boys",discaço verdadeira obra prima,logo de imediato saem em mais uma excursão. Em 1973 Grech e Gordon são dispensados,entram David Hood(Baixo),Roger Hawkins(Bateria) e Berry Beckett(Guitarra) três músicos Americanos ligados ao "Muscles Schoals Estudios", com esse line up eles gravam "Shoot Out At The Fantasy Factory" na sequência sai mais um ao vivo"Traffic On The Road".  Até o final do ano a banda percorreu as principais cidades dos E.U.A e algumas da Europa com apresentações sempre lotadas de fãs,nesse período,Jim Capaldi lançou "Oh How We  Danced" seu primeiro trabalho solo e cercado de comvidados especiais dentre esses todos seus companheiros do Traffic e o guitarrista Paul Kossoff do Free,Steve Winwood aproveitou pra inaugurar seu selo Fantasy Songs e Chris Wood preferiu ficar fora de foco. Em 1974 Winwood,Capaldi e Wood estão a sós novamente porém agora contam com a companhia do baixista Rosko Gee(Ex Gonzales) de volta aos estudios eles gravam "When The Eagle Flies" um trabalho mais suave más digno da marca registrada do Traffic como mostram as músicas "Walking The Wind,Graveyard People e Something New". O Traffic sempre se recusou a fazer coisas facéis e seguir as tendências do modismo,talvez por isso que até hoje ele seja considerado um dos mais importantes grupos da música contemporânea. Mesmo não mais existindo o traffic agrada fãs do rock'n' roll,do jazz,do blues e o que é mais importante agrada admiradores da música feita com qualidade.
Ops: Como Traffic,Steve Winwood e Jim Capaldi lançaram em 1994 um cd chamado "Far From Home".

Ainda em 1994 tambem como Traffic eles participaram da segunda versão do "festival de woodstock".
Em 2005 a epic lançou um cd e um dvd registrando um show tambem de 1994 com o título de " The Last Great Traffic Jam".
Ex Músicos do Traffic Já falecidos:
Reebop Kwaku Baah(12/01/1983)
Chris Wood(12/07/1983)
Rick Grech(17/03/1990)
Jim Capaldi(28/01/2005)
Jim Gordon(Atualmente vive internado em um manicômio condenado por ter matado sua propria mãe,ele sofre de esquizofrenia múltipla.)
Discografia de álbuns oficiais:
Com Winwood,Wood,Capaldi e Mason:
Mr.Fantasy(1968/Island)
Traffic(1968/Island)
Last Exit(1969/Island,lançado após a primeira separação do grupo)
Com Winwood,Wood,e Capaldi:
John Barleycorn Must Die(1970/Island)
Com Winwood,Wood,Capaldi,Grech,Reebop,Gordon e Mason:
Welcome To The Canteen(1971/Island ao vivo)
Com Winwood,wood,Capaldi,Grech,Reebop e Gordon:
Low Sparks Of High Heeled Boys(1972/Island)
Com Winwood,Wood,Capaldi,Reebop,Hood,Halkins e Beckett:
Shoot Out At The Fantasy Factory(1973/Island)
Traffic On The Road(1973/Island,ao vivo)
Com Winwood,Wood,Capaldi e Gee:
When The Eagle Flies(1974/Island)

Nenhum comentário:

Postar um comentário