terça-feira, 24 de dezembro de 2013

LENDAS DO ROCK: FREE - Liberdade para o blues rock



Final de1968,londres fervia com a chamada swing london.Procedente de Middlesborough,o jovem Paul Rodgers desembarca  na capital da inglaterra,em busca dos seus sonhos,o principal deles:se tornar um cantor de soul music tendo como inspiração,seu grande ídolo,o norte americano Ottis Reding.O primeiro passo, foi fazer amizades com músicos e produtores,entre eles estavam o guitarrista Paul Kossoff(1950-1976),e o baterista Simon Kirke,ambos vinham atuando no grupo Black Cat Bone.No dia seguinte,Kossoff apresenta o baixista Andy Fraser e os quatro passam a ensaiar exaustivamente nos fundos de um velho pub chamado Fikle Pikle,num desses ensaios(onde a maioria das canções eram clássicos do blues)que mais pareciam jam sessions,eles contaram com uma ilustríssima presença.Nada mais que o avô do blues britânico Alexis Korner.O músico logo de cara apadrinhou o quarteto dando-lhe o nome de Free:"Vocês são jovens e livres como o vento",afirmou Korner se referindo a Rodgers,Kossoff,Kirke & Fraser.O velho blueseiro se agradou tanto dos rapazes que os recomendou de imediato à Chris Blackwell,descobridor de talentos,produtor e proprietário da gravadora Island.Blackwell de imediato contratou o Free que não perdeu tempo e foi para o estúdio finalizar algumas canções autorais,e iniciar as gravações de Tons Of Sobs,primeiro disco deles,registrado em março de 1969.Com o trabalho lançado,a banda percorre toda a Inglaterra,ao lado do Spooky Tooth(outra grande banda),e do Jethro Tull.Em outubro sai o segundo registro fonográfico chamado apenas de Free. A partir do início de 1970,Blackwell providencia um casarão afastado do centro de londres,a qual eles transformam em estúdio,trabalhando horas e horas numa grande canção que por orientação do produtor,deveria ser o sucesso do ano.Kossoff meteu as mãos na sua Les Paul,e começou a rifar algo surpreendente,Fraser e Kirke lhe acompanharam,Rodegers escreveu a letra em minutos,com um refrão grudento.Nascia naquele momento o maior hit do Free: All Right Now.O single foi lançado de imediato e estourou em toda a europa e nos estados unidos.Na sequência vem o terceiro LP com o título de  Fire And Water,trazendo é claro a faixa All Right Now.Com este álbum,o Free chega ao ápice de sua carreira.Paul Kossoff consegue transmitir em pouquíssimas notas o que vários outros guitarristas não conseguiam realizar em solos longuíssimos,Andy Fraser estava tão atuante com seu contra baixo,que em certos momentos o confundíamos com uma guitarra base. A maioria das canções foram escritas por  Rodgers e Fraser,e o grupo aproveitou o grande momento,para se apresentar no festival da ilha de wight,onde Kossoff tocou chapadíssimo.Com a prosperidade do grupo,a Island sugere mais um disco. A princípio Paul Kossoff não aceita,mas foi convencido pelos companheiros,e acabaram lançando Higway em dezembro de 1970.Retornam à américa para cumprir datas no fillmore east em san francisco e logo em seguida vão pela primeira vez ao japão,voltam a excursionar pelo continente europeu com um concerto memorável na austrália. Alguns tapes das apresentações em wight e no fillmore east,fizeram parte de Free Live,o primeiro e único registro ao vivo lançado oficialmente pela banda em 1971.Com o mega sucesso e o reconhecimento de crítica e público,vieram também os inevitáveis problemas.Paul Kossoff encontrava-se totalmente dependente da heroína,Paul Rodgers já não vinha aguentando mais as improdutividades do parceiro.O cara já não era mais capaz de sequer ficar tocando em pé(isso é claro no momento da execução da música All Right Now,no vídeo que registra a apresentação deles na ilha de wight),em consequência,o Free racha pela primeira vez.Paul Rodegrs então, forma o insignificante Peace e grava seu primeiro solo:Cut Loose.O baixista Andy Fraser,agrupa o Toby que da mesma maneira,passa oculto de público e crítica.O baterista Simon Kirke é o único que ainda acredita na recuperação de Kossoff e junto aos amigos John Rabbitt Bundrick(teclados,voz)e o baixista japonês Tetsu Yamauchi,formam o "Kossoff,Kirke,Tetsu & Rabbit(KKTR).O projeto não deu muito resultado,mesmo assim lançou um único álbum em 1972. Paul Rodgers mais uma vez tenta selvar Paul Kossoff,resgatando o Free que lança às pressas o mediano Free At The Last,alavancado pelo single Little Bit Of Love.Isso não foi o suficiente para o guitarrista largar as drogas,pelo contrário,o músico se tornava cada vez mais adstrito,contribuindo para inúmeros cancelamentos de shows,devido ao estado deplorável de Kossoff nos backstages. Andy Fraser não aguentou mais,se agastou com a situação de Kossoff  e se desligou definitivamente do Free. Paul Rodgers mais uma vez, e agora tentando salvar a conta bancária do amigo,convoca os ex integrantes do KKTR, Tetsu Yamauchi e John Rabbit Bundrick,e reformula o Free,lançando em 1973 o disco Heartbreaker(puxado pelo single Wishing Well).Nas turnês,alem de cantar,Paul Rodegrs assumia também a guitarra base com o propósito de cobrir os desacertos de Kossoff Na música Come together in the morning,Paul Rodgers demonstra sua total insatisfação com o rumo que a banda estava tomando,e logo após a última turnê europeia agora com Wendell Richardson na guitarra,o vocalista afadigado,resolveu encerrar de uma vez por todas a carreira desse gigante do rock.


Notas:
Paul Kossoff,gravaria um excelente álbum solo contando com a participação do amigo Paul Rodgers,chamado Backstreet Crawler.O guitarrista viria a falecer em 19 de Março de 1976,vítima de um infarto fulminante durante um vôo entre Londres e Los Angeles.

Ainda em 1973,Paul Rodgers e Simon Kirke ,formaram o Bad Company ao lado de Mick Ralphs(Ex Mott The Hoople)e Buz Burrell(Ex King Crimson)

O baixista Andy Fraser,chegou a agrupar
as bandas Shark e The Andy Fraser Band



Discografia (álbuns)

Tons Of Sobs(1969/Island)
Free(1969/Island)
Fire And Water(1970/Island)
Highway(1970/Island)
Free Live!(Ao vivo-1971/Island)
Free At Last(1972/Island)
Heartbreaker(1973/Island)

Nenhum comentário:

Postar um comentário