sexta-feira, 20 de julho de 2012

ÁLBUNS CLÁSSICOS:Você Tem Que Ter - Piledriver,Status Quo

Um disco que já começa bom pela capa
ÁLBUM: Piledriver
ARTISTA: Status Quo
LANÇAMENTO: 15/12/1972
SELO: Vertigo

Considero "Piledriver" um dos tres melhores álbuns do Status Quo ao lado de "On The Level" e "Blue For You". Lembro que há bastante tempo eu tinha uma versão em vinil(LP)importado com capa dupla contendo fotos incriveis dos integrantes da banda. O grupo que já havia gravado um disco psicodélico,com um título impossível de pronunciar,"Picturesque Matchistickable Message From The Status Quo"-chamávamos de, o disco das caixas de palitos de fósforos-e teve a feliz idéia de acabar com essas bobagens de psicodelismo e mergulhar fundo no rock and roll à base de muito boggie. Ainda um tanto irresolutos,eles lançaram "Spare Parts" e "Ma Kelly's Greasy Spoon". Mas"Piledriver",foi a centelha que o Status Quo estava precisando para fazer desses caras os reis do boogie woogie Inglês. Começando pela belíssima capa,que já entregava:Francis Rossi(Guitarra/Vocais),Alan Lancaster(Baixo/Vocais),Rick Perfitt(Guitarra/Vocais) e John Coghlan(Bateria),aparecem balançando seus cabelões,no melhor estilo headbanger,termo esse que surgiria 10 anos depois(Isso me lembrou outra banda). A primeira porrada é a genial "Don't Waste My Time",um legítimo boogie rock com riffs contagiantes,capáz de lhe fazer tocar air guitar(guitarra imaginária) do início ao final da música. "O baby","A Year","Uns Pokens Words","Big Fat Mama","Paper Plane"(outra genial),"All The Reasons" e a versão matadora de "Roadhouse Blues"(The Doors),são os torpedos sonoros que fazem desse disco,um verdadeiro clássico,um dos que continuam servindo como referência, para quém quer se iniciar na viciada escola do rock.


Nota: Piledriver o quinto disco da carreira do Status Quo e o primeiro com produção do própro grupo,alcançou a quinta posição nas paradas Britânicas, estacionado por 37 semanas consecutivas. O single "Paper Plane" chegou ao oitavo lugar também na Inglaterra.

No Brasil o LP foi lançado com capa simples(isso era uma constante). Às gravadoras Brasileiras multilavam totalmente às capas originais,e em alguns casos, o próprio disco. Muitos eram duplos na versão importada,e empurravam somente um deles entre nós. À industria fonográfica,se justificava afirmando ser contenção de custos. E ainda colocavam na contra capa "Disco é Cultura".

Existe em formato digital edição alemã,desde 1990, lançado pela Repertoire. Tambem encontra-se disponivel em CD nos mercados: uk,usa,Japan e Netherland. No Brasil,Piledriver em CD,nem pensar.....

Nenhum comentário:

Postar um comentário