quarta-feira, 25 de julho de 2012

ROCK,A HISTÓRIA: O APARECIMENTO DO ROCK INGLÊS

Em plena segunda guerra mundial,a Inglaterra começava a descrobrir o Blues. A rede BBC de rádio,transmitia programas do gênero como: "America Sings" e "American Music Festival". Até o começo dos anos cinquenta,o jazz dixieland tipo big band era a grande curtição na Grã Bretanha. Chris Barber,era o nome mais forte no estilo. Numa de suas excursões aos Estados Unidos,Barber convidou os bluesmen Big Bill Broonzy,Josh White e Brownie Mcghee,para algumas apresentações nos pequenos clubes de Jazz Londrinos. Com o passar dos anos,outros blueseiros tambem,visitaram com frequência à Inglaterra,entre eles Lonnie Johnson,Lonnie Donegan e Big Jim Sullivan os quais serviram como base musical para os jovens iniciantes guitarristas britânicos,entre eles Hank Marvin(The Shadows) e Jimmy Page. Antes de morrer,Big Bill Broonzy,conversou muito com Barber e o convenceu que desse um jeito de levar para Inglaterra,Muddy Waters,Sony Boy Williamson e outros músicos que estavam despontando no rhythm & blues. Ao desembarcar em Londres,Muddy Waters e o pianista Otis Spain,iniciaram uma pequena tour tocando sempre com o volume altíssimo. Durante uma exibição em Leeds,os críticos foram enfáticos ao se referirem aos shows,como guitarra gritante e piano uivante. Em 1956, mesmo com o blues arrazando com os Ingleses,outro rítimo fazia a cabeça de futuros astros do rock na Inglaterra. O Skiffle-que viria à influenciar o lado mais pop do rock Britânico-era a grande curtição de alguns meninos adolescentes como George Harrison e Paul McCartney,tocar numa banda de Skiffle,isso antes de se juntarem à John Lennon nos Quarrymen. "Bastava um violão com cordas de aço,uma tábua de lavar roupa e um caixote de madeira com um cabo de vassoura,algumas cordas e no máximo dois ou tres acordes". Declarou McCartney,tempos depois. Até o início dos anos 60,os jovens músicos Ingleses,estavam consumindo discos Americanos de blues e rock and roll. Jeff Beck,ficou encantado com a técnica de Cliff Gullup dos Blue Caps de Gene Vincent. Scott Moore,guitarrista de Elvis Presley,foi tambem uma das influências de Jimmy Page. Eric Claptom ainda juvenil,formou o The Roosters para tocar versões das canções de Lighnin' Slim,Fats Domino,T.Bone Walker e B.B.King. Os brothers Keith Richards e Mick Jagger,babavam para os lançamentos da Chass Records. Quando Jagger e Richards se encontraram pela primeira vez numa estação de trem em 1960,o guitarrista,ficou bastante interessado nos álbuns "The Best Of Muddy Waters" e "Chuck Berry Is on Top",que Mick segurava nas mãos,eram discos dificeis de obtenção na Inglaterra. A lenda Robert Johnson,tambem foi outro que causou impácto profundo nos garotos britânicos. Eric Clapton chegou a declarar que,os discos de Johnson,cobriam todos os seus desejos como um aspirante ao estilo. Com o blues dominando a terra da rainha,a famosa casa de show "Skiffle Centre" em Londres,foi transformado no "London Blues And Barrellhouse Club",onde começaram a se apresentar os primeiros nomes do British Blues: Alexis Korner,Cyril Davies e Long John Baldry. Alexis Korner,chegou apadrinhar no Blues Incorporated,Mick Jagger,Brian Jones,Nicky Hopkins,Jack Bruce e Ginger Baker. Toda essa turma,já começava a se juntar nos pub's. Mick Jagger e Keith Richards,logo estavam dividindo um quitinete com Brian Jones,quando escutaram "Muddy Waters" cantando "Rollin' Stones",surgindo então o Brian Jones,Mick Jagger & The Rollin' Stones. Em pouquíssimo tempo,esse nome foi mudado para "The Rolling Stones". No início de 1963,era a vez de Willie Dixon e Memphis Slim,chegarem na capital Inglesa. Os dois,não deixavam de encorajar,os meninos sempre em busca de um som mais rocker. Jimmy Page,foi tambem um grande simpatizante do trabalho de Dixon,que o diga as músicas "You Shook Me" e "Can't Quit You Baby" do Led Zeppelin,ainda em 63,William Dixon organizou em Londres junto com Horst lappman,a primeira versão do anual "American Folk Blues Festival". Durante as apresentaçõs,era frequente na primeira fila da plateia,as presenças dos Rolling Stones,Yardbirds,e Animals,assistindo John Lee Hooker,Muddy Water,Sonny Terry,e vários outros. Em 1964,todos já ralavam em suas bandas ou nos estúdios,Jimmy Page, Brian Jones e outro grande articulador do Blues Britânico John Mayall,foram assistir Sonny Boy Williamsom,Muddy Waters e Memphis Slim e sairam impressionados com o que viram. até 1965,o AFBF( American Folk Blues Festival),havia trazido vários nomes importantes,alguns deles registraram gravações em estúdios Londrinos,acompanhados exclusivamente pelos juvens musicos Ingleses.Um desses encontros,não foi em nenhum estúdio,mas sim no palco do já famoso Crawddary Club, quando Sonny Boy,tocou com os Yardbirds. Grupos como:Blues Inc,John Mayall And The Bluesbreakers,The Yardbirds,The Rolling Stones,Faces,Fleetwood Mac(Fase Blueseira),Savoy Brown,Cream,Ten Years After,Humble Pie,Taste(Grupo Irlandês que revelou Rory Gallagher),Free,Led Zeppelin,Deep Purple,e tantos outros,devem muito à esses homens brilhantes,que ensinaram uma parte importante da essência da música negra para uma porção de garotos branquelos. Certa ocasião,"Muddy Waters" declarou. Foi preciso jovens músicos brancos de outro pais,fazer com que,os nossos,soubessem da nossa existencia. Eles queriam um novo rítimo,e tinham o Blues no próprio quintal.

Discoteca Básica:

Cream: Fresh Cream - 1966/Polydor
Fleetwood Mac: Fleetwood Mac - 1968/Blue Horizon-CBS
Alexis Korner: A New Generation Blues - 1968/Liberty
Bluesbreakers: Bluesbreakers with Eric Clapton - 1968/Decca
Eric Clapton: Eric Clapton - 1970/RSO
Long John Baldry: It Ain't Easy - 1971/Warner Bross.


Nenhum comentário:

Postar um comentário