sexta-feira, 31 de agosto de 2012

LENDAS DO ROCK: WINGS


Com os Beatles em pé de guerra,Paul McCartney começou a pensar no que iria fazer com o fim do quarteto. Paul e a família,foram então para Escócia,onde passava os dias cuidando de carneiros,compondo e tocando ao lado de Linda. O músico acabou fazendo tudo sozinho no seu primeiro disco solo "McCartney" de 1970.em "RAM" de 1971,Paul McCartney sentiu a necessidade de uma banda,chamou como colaboradores o baterista Danny Seiwell e o guitarrista David Spinozza,daí para a formação de um grupo,foi um passo. Ainda em 1971,o ex Beatle,manteve Seiwell,e recrutou Denny Laine-um jovem guitarrista com passagem pelos grupos:Moody Blues,Denny Laine's String Band e Ginger Baker's Air Force. Com Seiwell,Laine e Linda,Paul forma os Wings. O nome foi uma homenagem a filha Stella. Ainda em 1971,sai o primeiro álbum "Wild Life",trazendo o hit "Tomorrow". De imediato os Wings se enfiam dentro de um ônibus e começam a excursionar fazendo o circúito das universidade no reino unido,eram as turnês Wings University Tour e Wings Over Europe. Depois de alguns meses na estrada,uma pequena pausa para a gravação e lançamento do polêmico single "Give Ireland Back To The Irish",banido pela BBC por conter letras politizadas. Chega 1972,McCartney rebatiza o conjunto como "Paul McCartney & Wings",convoca mais um guitarrista o Irlandês Henry McCullough,contunuam a excurcionar urilizando o tourbus,e no retorno à Londres,eles vão para o Abbey Road onde trabalham exaustivamente nas fitas com as músicas de "Red Rose Speedway",lançado em Maio de 1973, destacando a balada "My Love". Outro single é lançado de imediato,"Live And Let Die",canção tema criada para à trilha sonora do filme 007 Live And Let Die,inclusive com indicação ao Oscar. A turnê de Red Rose Speedway(Wings 73 UK Tour),pelo reino unido,permanece até o mes de Julho,quando Paul e sua turma,resolvem suspender tudo e tomar o rumo da Nigéria para concluir em estúdios africanos,o próximo disco. Antes mesmo do embarque,Seiwell e McCullough,desistiram da viagem-não queriam ir pra África alegando os problemas que passavam os Nigerianos com uma guerra civil. Como um trio,os Wings partiram,e gravaram vários tapes num estúdio daquele pais,com ajuda de técnicos locais. Quando tudo estava pronto,a fita máster foi roubada,e a influência de um ex Beatle,foi de grante utilidade junto as autoridades policiais,que localizaram tais fitas num piscar de olhos. Susto superado,eles voltam para a capital Inglesa,se trancam novamente em Abbey Road,fazem uma nova remixagem e lançam em Dezembro o mega platinado "Band On The Run",emplacando de uma só vez os hits "Jet","Band On The Run","Let Me Roll It","Bluebird" e "Mrs.Vandebilt". No início do ano seguinte(1974),o chefão,resolve reformar os Wings com novos músicos,e recruta mais um garoto para o posto de guitarrista, Jimmy McCulloch,além de Geoff Britton para a bateria. Lançam os singles "Junior's Farm" e Hi,Hi,Hi-outra banida pela BBC,dessa vez por conter conotações sexuais. Durante todo o restante do ano,os wings voltam novamente ao estúdio,para as gravações de "Venus And Mars" que chega às lojas em Maio de 1975. É o primeiro pelo próprio selo de McCartney,chamado MPL(McCartney Production Limited). Durante as mixagens do disco em New Orleans,o baterista Geoff Britton desertou,em seu posto entrou Joe English. "Venus And Mars" não chega a ser um disco fraco,mesmo assim,não consegue emplacar e superar "Band On The Run",mas traz boas composições como: "Rock Show"(onde Paul faz menção à Jimmy Page).e "Listen To What The Man Said". É nesse disco também que Paul McCartney começa a liberar que outros integrantes participem como intérpretes,é o caso de Danny Laine que faz vocal solo em "Spirits Of Ancien Egypt",além de Jimmy McCulloch que canta em "Medicine Jar". Na sequência,iniciam uma excursão pela europa-não mais no tourbus-chamada Wings Over The World Tour,com apresentações finais na Austrália. Em Março de 1976,outro lançamento "Wings At The Speed Of Sound. Nesse àlbum,McCartney resolve retribuir a "gentileza" que John Lennon lhe prestou na música "Now Dou You Sleep?",acusando o ex parceiro de compositor medíocre. Paul responde propositalmente com "Silly Love Songs",um grande hit ao lado de "Let Em In". Nesse Lp todos os integrantes dos Wings cantam uma canção cada. Chega o momento das asas voarem aos Estados Unidos. A turnê americana(Wings Over The World Tour) dura um ano,culminando com a consagração dos Wings nos Estados Unidos. Alguns momentos dessas apresentaçõse,estão registrados no triplo ao vivo "Wings Over America",e no vídeo "Rock Show" que contém o show em Seattle. No final da maratona,a turma retorna à base novamente,Jimmy e Joe,aproveitam e deixam os McCartney's. Em 1977,novamente como um trio,eles colocam no mercado o Single "Mull Of Kintyre",uma singela homenagem à Escócia,tornando-se o compácto mais vendido na Inglaterra. Em Março de 1978, chega "London Town",o disco mais vendido dos Wings,puxado pelo hitsingle "With A Little Luck".  Aproveitando, a EMI/Capitol,despeja cópias da compilação "Wings Greatest Hits",incluindo também canções dos primeiros discos de Paul. Em Junho de 1979,e a vez de "Back To The Egg",apresentando nóvos contratados: Laurence Juber na guitarra e Steve Holley na bateria. Nesse disco,Paul McCartney criou a Rockestra para executar a faixa Rockestra Theme,contando com: Pete Townshend(The Who),David Gilmour(Pink Floyd),e John Paul Jones e John Bohnam(Led Zeppelin),dentre outros. Meses depois,Paul é informado sobre a morte de Jimmy McCulloch por overdose,em seguida ele organiza em Londres com shows no Hammersmith Odeon,o "Concert For The People Of Kampuchea,com a participação de The Who,Queen,The Pretenders,The Clash,Elvis Costello,The Specials,a Rockestra e o próprio Wings que já havia passado antes pela Escócia com shows em Edimburgo e Glasgow(Wings UK Tour 1979).  Em Janeiro de 1980,os Wings partem para cumprir datas agendadas no Japão. Ao desembarcar em Tokyo,Paul foi preso após ser flagrado com uma razoável quantidade de maconha(marijuana),e consequentemente,detido por uma semana até a deportação para a Inglaterra. Ao ser flagrado,o policial da alfândega indagou: "O senhor precisa disso para compor suas músicas,Sr.McCartney?". Esse episódio,marcou definitivamente o final dos Wings.

Discografia Básica:
Wild Life - 1971/Apple
Red Rose Speedway - 1973/Apple
Band On The Run - 1973/Apple
Venus And Mars - 1975/MPL-Capitol
Wings Over América - 1977/MPL-Capitol

Bootlegs:
Paul McCartney & Wings - Wings Over Texas 1976
Paul McCartney & Wings - Wings Over Boston 1976
Paul McCartney & Wings - Wings Over Los Angeles 1976
(Todos Registrados durante a turnê americana"Wings Over The World Tour)


Nota: Até hoje nas apresentações de Sir.Paul McCartney,não faltam os clássicos dos Wings:"Jet"."Band On The Run","Let Me Roll It","Bluebird",e "Live And Let Die",são presenças constantes no set list do ex Beatle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário